7 Casos reais de ataques de Vampiros, Lobisomens e… Zumbis

Abril 2, 2017
407 Views

Zumbis, lobisomens e até mesmo vampiros, aqui estão sete notícias de ataques na vida real por pessoas (ou criaturas?) Que pretendem ser monstros da vida real. A maioria dessas pessoas é absolutamente insana, não tomaram seus medicamentos, ou pertencem a algum ‘grupo especifico’ de pessoas igualmente tapadas, mas de qualquer forma, é divertido especular que pelo menos um deles é um ser sobrenatural que vive entre nós…

 

 

1- Vampiro causa acidente de carro;

Embora eles possam mudar sua forma e se transformarem em morcegos, lobos ou até mesmo em névoa… Às vezes alguns vampiros só querem ser zueiros e tirar uma onda com a cara de alguém…

De acordo com uma mulher do Colorado, ela foi forçada a sair da estrada enquanto dirigia de volta pra casa depois que ela viu um vampiro em pé no meio da estrada. Quando a polícia chegou, o infame Nosferatu já havia desaparecido. A polícia não suspeita que qualquer substância alucinógena como álcool ou drogas estavam envolvidos, embora houvessem evidências de que a mulher tomava medicamentos controlados, e eles não estavam em dia.

Um garoto entrevistado pelo noticiário local disse:

“Eu não acredito que ela viu um vampiro”,

Enquanto uma adolescente local acrescentou:

“Isso seria legal. Espero que seja real”.

2- A Vampira e o Idoso;

Milton Ellis é um idoso, cadeirante e muito querido pelos locais que vivem em St. Petersburg, Flórida. Um dia ele encontrou Josephine Smith, uma piranha das piores de 22 anos nas ruas enquanto ia para casa. Os dois começaram a conversar e pareciam se dar bem, então quando começou a escurecer, eles se abrigaram juntos na varanda de um hotel.

Ellis, como sendo um homem já de idade, adormeceu enquanto esperava a chuva passar. Ele acordou de repente enquanto Smith subia em seu colo, o que teria sido incrível em qualquer outra ocasião… Mas quando ele perguntou o que ela estava fazendo, ela respondeu: “Eu sou um vampiro, eu vou comer você.” Ela então passou a mordê-lo em vários lugares, incluindo o seu braço e lábios, mordendo o suficiente para deixar Ellis ensanguentado.

Ellis lutou para escapar, mas estando em uma cadeira de rodas é meio difícil, né? Quando Ellis finalmente chegou a um telefone e chamou a polícia, ele foi levado às pressas para o hospital mais próximo e levou alguns pontos.

A polícia encontrou Smith quando eles chegaram ao local. Ela estava nua no meio da rua, coberta de sangue. Segundo Smith, ela não se lembrava dos acontecimentos. O que não a impediu de ser presa e mantida sob fiança de US$ 50.000. 

 

3- O lobisomem do Texas;

Lobisomens são conhecidos por vaguear em campos enevoados sob lua cheia, procurando presas para se deleitar. Infelizmente, com o desmatamento, eles estão sendo forçados a sair de seus habitats nativos. Neste caso, parece que eles acabaram no subúrbio de San Antonio. E, muito provavelmente devido à sua falta de habitat nativo, eles se tornaram muito tristes, que é a única explicação racional para alguém que afirma ser uma criatura de outro mundo que mais parece ser um fã revoltado da banda My Chemical Romance;

Uma foto emergiu na Internet de uma mão ensanguentada segurando a cabeça de um cão decapitado. Foi atribuída a Sarah “Wolfie Blackheart” Rodriguez, uma “loba adolescente” local. Quando confrontada sobre a imagem, ela afirma que um amigo achou um cão morto e trouxe para ela, que posteriormente postou essa foto, mas ela não tinha nada a ver com isso(além de segurá-lo, é claro). De acordo com Wolfie, ela nunca faria mal a outro cão, afinal… Lobos e cães são meio que parentes.

 

 

4- O Zumbi no restaurante;

Embora eles sejam mais reconhecidos por seus lobisomens que vagueiam pelos vales e monstros em nevoeiro, a Escócia não está ilesa de ataques de mortos-vivos. Em julho de 2011, Michael Davis, de 21 anos, estava caminhando de um emprego para outro quando foi atacado pelo canadense Tianh Zhan. Davis foi esfaqueado várias vezes por Zhan.

Zhan foi encontrado, porém, não foi julgado como um criminoso normal, pois o juri alegou que o assassino era portador de alguma insanidade, e que por isso, Davis pagou o pato e levou três facadas no corpo, ocasionando a sua morte. Segundo Zhan, o ‘Davis’ era um zumbi.

O lance da insanidade faz sentido, é claro… Isso porque toda pessoa sensata sabe que para matar um zumbi, você precisa acertá-lo no cérebro.

O Tribunal Superior em Glasgow verificou e comprovou que Zhan tinha um histórico de problemas mentais e tinha sido diagnosticado no Canadá com transtorno bipolar com características psicóticas. De acordo com a BBC, ele havia parado de tomar sua medicação anti-psicótica quando matou Davis, e depois contou a um psiquiatra forense que via sangue nos rostos das pessoas.

 

 

5- O Vampiro de 500 anos

Uma mulher estava em seu apartamento quando ouviu um barulho, e como uma boa vítima de filme de terror, ela foi investigar… E acabou sendo atingida na cabeça pelo suposto “vampiro” Lyle Bensley teve a cabeça forçada contra a parede pelo assaltante que, em seguida, a mordeu no pescoço. Ela fugiu de algum modo e dirigiu até a casa de um amigo onde chamou a polícia.

Quando chegaram ao apartamento dela, encontraram Bensley no estacionamento completamente despido e despreocupado, apenas curtindo a paisagem e o sossego, até que ‘pugilistas’ de rua(sempre tem um pra pagar de fortão nessa hora), rosnaram pro vampiro e iniciaram uma perseguição a pé, eles correram por duas quadras e pularam duas cercas, antes que o pegassem.

Ao levá-lo para a cadeia, Bensley disse-lhes que ele era um vampiro de 500 anos de idade e precisava se alimentar. Ele também insistiu que não queria machucar ninguém… Isso, é claro, enquanto tentava morder os guardas.

Os repórteres indagaram que Bensley é apenas uma vítima de alucinações induzidas pelos meios de comunicação(tudo culpa da mídia, né), mas a maioria acredita que se ele tivesse assistido Crepúsculo invés de Drácula, tudo isso poderia ter sido evitado.

A mulher sofreu ferimentos leves e ficou bem.

“Eu lidei com algumas pessoas realmente estranhas”, disse Heyse.

“Você sabe, caras que pensam que são Jesus e isso, mas eu nunca vi nada assim.”

 

 

6- O Vampiro-Lobisomem (hibrido)

Aos 19 anos, Kristian Allen Carl, aprendeu de maneira dura que a vida não é como os filmes, ao que parece, ter relacionamentos sexuais com meninas de 15 anos de idade só é bom se você é um vampiro fictício.
Carl foi acusado na Pensilvânia de agressão sexual depois que foi descoberto que ele estava tendo relações sexuais com uma menina de 15 anos de idade. O que a polícia não sabia era que Carl era fruto de um coito entre um vampiro e lobisomem.
Quando lhe pediram para provar que era um híbrido, Carl expôs seus dentes caninos ao oficial. kkkk, então foi-lhe informado pela polícia que todos os mamíferos, incluindo seres humanos, têm os dentes caninos. (deve ter sido um choque pra ele)
A menina disse à polícia que ele era seu namorado, mas desde que ela era menor de idade, Carl enfrentou acusações de estupro. Mais uma vez provando que os relacionamentos vampiro/humanas nunca dão certo;

 

 

7- Zumbi no restaurante;

Esse é um pouco diferente das histórias anteriores. Esta história envolve um homem que toma a iniciativa e ataca o monstro antes que alguém possa ser prejudicado, como um psicopata atencioso, consciente da segurança. Em Iowa City, um lugar bem conhecido por sua anual passeata de zumbis, um homem foi acusado de se aproximar de um estranho em um restaurante local e socá-lo duas vezes na cara enquanto gritava que o homem era um zumbi. Ele, então, socou o zumbi mais uma vez, quebrando o nariz dele. O homem correu pela porta dos fundos, deixando o pobre morto-vivo, agora mais morto do que vivo, sangrando no chão do restaurante. A vitima(zumbi) foi levada para o hospital, surpreendentemente, o pedido dele não continha cérebros como parte de sua refeição, e o louco que o atacou… Nunca foi pego.

 

Um cara estranho que fica na internet o dia inteiro procurando coisas que consigam lhe deixar assustado, tomando vinho e fumando Hollywood.

Comentários no Facebook